Ir direto ao conteúdo

Mark Millar fala de O Legado de Júpiter e traz novidades do Millarworld

Mark Millar fala de O Legado de Júpiter e traz novidades do Millarworld

Essa é maior história de super-heróis de todos os tempos.

Quando comecei a trabalhar em O Legado de Júpiter, em 2012, esta foi a primeira frase que escrevi no meu bloco de anotações, jogando o nível lá para cima antes mesmo do primeiro diálogo.

Após escrever quadrinhos por dez anos, eu sabia que queria trabalhar sozinho e também que gostaria de contar uma história diferente de super-heróis. Quando comecei a escrever O Legado de Júpiter, eu e minha esposa tínhamos acabado de ter o segundo filho, o que aumentou meu interesse em histórias de família. Não se vê muitas histórias de super-heróis com filhos, então pensei: “Como seria se alguém poderoso como o Super-Homem se casasse com uma pessoa incrível como a Mulher Maravilha e eles tivessem filhos?”. É uma dinâmica fascinante e certamente seria bem difícil para os filhos fazerem jus às expectativas e ao legado dos pais. 

A inspiração veio, então comecei a rascunhar cenas e fazer anotações por dois meses, criando todo um universo de personagens e as ligações entre eles. Meu escritório parecia uma cena do filme Zodíaco, com diagramas espalhados por toda parte, cheios de setas apontando para personagens que podem aparecer brevemente, mas que têm 30 anos de história definidos em um nível de detalhe e intimidade que não tenho nem com meus melhores amigos. 

Quando eu e minha esposa, Lucy, vendemos a Millarworld para a Netflix em 2017, a prioridade era O Legado de Júpiter. Nós flertamos com a ideia de um filme, mas a Netflix nos deu a chance de fazer uma adaptação com a grandeza e a profundidade necessárias, transformando aqueles rascunhos e Post-Its em uma série que não precisaria ser condensada em um filme de três atos.

Mesmo tendo visto todas as versões, eu nunca me cansei de assistir ao trabalho deste elenco dos sonhos que reunimos. Espero que vocês amem a série tanto quanto eu.

Enquanto me preparo para mostrar este trabalho ao mundo, queria aproveitar para trazer novidades sobre os outros projetos em andamento. Estamos fazendo tudo com muito cuidado e carinho para que cada história seja feita do modo mais orgânico possível. Nosso catálogo oferece uma ampla variedade de conteúdo, mas você vai sentir o DNA da Millarworld em todos eles, sempre com um olhar de artista e voltado para os fãs, em primeiro lugar. 

Então vamos começar com algumas novidades:

Estamos trabalhando com afinco em uma série de ação e espionagem de seis episódios, meu primeiro trabalho nesta linha desde Kingsman, mas com uma obra bem diferente. Eu sou fã do roteirista há vinte anos e ele foi a única pessoa a quem procurei para este projeto, que tem potencial para ser uma das maiores franquias que já criei. Estou muito empolgado e espero que vocês também fiquem, porque vem coisa boa por aí! 

Também fico feliz em revelar que A Ordem Mágica já está sendo desenvolvida, depois do adiamento causado por toda a incerteza que tivemos no ano passado. Esse tempo a mais nos deu a oportunidade de voltar ao projeto com um olhar inteiramente novo e vamos começar os trabalhos com o novo grupo de roteiristas em breve. Eu criei esta obra para ser uma série em live-action, mas, como os fãs de quadrinhos já sabem, também sou apaixonado por livros. Então, tenho o prazer de anunciar que o volume 2 de A Ordem Mágica vai ser lançado em outubro, com arte do lendário Stuart Immonen, e o volume 3 sai logo em seguida, feito pelo sensacional artista europeu Gigi Cavenago. Veja as três capas aqui.

Já o projeto de American Jesus: O Eleito vai muito bem, obrigado, nas mãos talentosas e capazes de Everardo Gout (Marvel - Luke Cage, Sacred Lies) e Leopoldo Gout (A Grande Jogada, Instinct). Estou impressionado com a liberdade criativa que a Netflix nos deu, especialmente porque esta série vai ter diálogos em inglês e espanhol. 

É com muito entusiasmo que aguardamos a estreia da adaptação de Super Crooks, ainda este ano. O anime é protagonizado por oito supervilões que unem seus superpoderes para realizar um grande roubo. São 13 episódios de 30 minutos, cheios de ação e produzidos com todo o capricho pela Bones.inc (My Hero Academia – Dois Heróis, Mob Psycho 100, Godzilla Ponto Singular). Os fãs poderão ver uma prévia da série no Festival de Annency, em junho.

Quanto aos filmes, a adaptação de Renascida está em andamento, com roteiro escrito por Bek Smith, que veio do Marvel Writing Program. A direção vai ser de Chris McKay (LEGO Batman: O Filme) e a produção, de Sandra Bullock com a Vertigo Entertainment. Já Imperatriz, Huck e Sharkey, o Caçador de Recompensas estão em fases variadas de desenvolvimento. Além disso, acrescentamos Prodígio ao nosso catálogo, com um roteiro fenomenal de Matthew e Ryan Firpo (Os Eternos).

Em breve, teremos mais novidades!